SpeedFreakS

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • YouTube Social  Icon

©2019 by " SPEEDVIVE Produções Artísticas

BIO

"Pra você que conhece meu rap, meu ragga
MC Speed psicopata camarada

Sabe que por causa da minha arte eu saio na porrada!"

 

"Rapper, Produtor e Videomaker" - Era assim que Speed se denominava. Durante toda sua carreira, trabalhou longe das grandes gravadoras, produzindo suas próprias músicas, álbuns e videoclipes. Não tinha "patrão nem capataz", vivia o "estilo livre", como fala em suas letras. No dia 26 de março de 2010, Speed foi encontrado morto a tiros próximo a favela do Sabão, em sua cidade natal.

Claudio Marcio de Souza Santos, nasceu em 1972 na cidade de Niterói/RJ. Começou sua carreira musical nos anos 80, integrando as bandas Últimas Consequências e Jungle Junkie Bullets. No inicio da década de 90, formou o grupo de rap Speed Freaks, ao lado de Black Alien e DJ Rodrigues.

​​​É considerado o percursor da "nova escola" do rap nacional, suas músicas alcançaram o Brasil e o exterior. Gravou em 2004, o sucesso "Quem que Caguetou", em parceria com Tejo e Black Alien. A música foi remixada pelo DJ Fatboy Slim que fez tremer as pistas de dança na Europa e EUA. Posteriormente, em 2011, foi trilha sonora do filme Velozes e Furiosos 5: Operação Rio.

Lançou em 2001, o aclamado Speed - Expresso, considerado pela crítica especializada como "o melhor álbum de rap dos últimos os tempos". Esse disco tem participações de: Rappin' Hood, Black Alien, BNegão, Max. B.O., Lurdez da Luz, Rodrigo Brandão, Paulo Napoli, Alexandre Basa, Otto e Daniel Pompeu.

Seus raps abordam temas diversos da natureza humana, sem perder o teor crítico político e social e o senso de humor. Sua musicalidade viaja em vários ritmos, tem como base o rap old school e gangstar, com fortes influências do rock e raggamuffin.

Apesar da carreira interrompida precocemente, Speed tem uma larga discografia. Como o próprio nome sugere, gravava em ritmo acelerado: foram 6 álbuns lançados, 2 EPs e 3 demos. Sem contar as diversas parcerias, projetos inacabados, coletâneas e participações.


Após quase uma década de sua partida, está sendo realizado o projeto SPEEDVIVE.com com objetivo de preservar sua memória. Em 2019, foi lançada a partir de financiamento coletivo, a biografia do Speed, escrita por Pedro de Luna e Rafael Porto. Em 2020, será lançado o filme documentário, que atualmente está em fase de produção.

 

Para mais informações consulte este site. Não esqueça de visitar a nossa loja!